Páginas

2 de outubro de 2012

Reflexões Iniciais


As tecnologias educacionais na sociedade atual



Estamos vivendo em uma sociedade, onde o excesso de informações está cada vez mais batendo em nossas portas, nos obrigando a transformar essas informações em conhecimentos. Muitos conseguem adquirir essas informações transformadas em conhecimentos de maneira mais clara, sem grandes dificuldades, mas, muitos possuem dificuldades para assimilar tais informações.

Contudo, nem por isso, a escola vem cruzando os braços para tal situação, ela tem procurado trazer meios para vencer esses obstáculos que de certa forma atrapalha o processo de transformar estas informações em conhecimentos. Não basta a escola prover meios para esse “fenômeno” acontecer, a sociedade, como um todo precisa enfrentar as barreiras, sejam elas quais forem.

A escola vem procurado facilitar o acesso a essas informações novas através do uso gratuito dos computadores, internet, recursos tecnológicos afins, vídeos e etc, sejam eles virtuais, visuais ou impressos. Situação esse que na década passada, não acontecia, todavia, não basta a escola disponibilizar tudo isso; pois, infelizmente, ainda existe um grande número de pessoas que mesmo tendo este acesso, não se mobilizam para adquirir tais informações.


Este novo desafio significa um crescimento e enriquecimento tanto de conhecimento e aprendizagem, pois, quanto mais desafios encontro pela frente, mais aguçada torna-se a vontade imensa em aprender e a vencer os desafios.

A minha prática vem sendo no sentido em aprender cada dia mais informações buscando utilizar os meios tecnológicos informativos para dentro da escola, sempre, fazendo uma ponte da realidade onde se trabalha com as novas informações, assim a aprendizagem se torna mais significativa para quem a recebe.

Infeliz aquele indivíduo que diz “que sabe tudo ou que não tem mais nada a aprender”. A vida, a cada dia tem uma informação a nos passar, seja com as pessoas, com as ferramentas tecnológicas ou impressas, no nosso ambiente de trabalho com nossos alunos, companheiros de profissão e até mesmo de vida.

Existem as mais variadas e diferentes formas para se alfabetizar e letrar que cada profissional da educação se identifica mais que são antigas, novas e muito eficazes, que necessitam se misturar para chegar a resultados satisfatórios no momento em que estamos vivendo.


0 comentários:

Postar um comentário